guia-do-veterinario-logo
Presença feminina: o mercado de trabalho para médicas veterinárias
Autor: Vinicius Molter

Presença feminina: o mercado de trabalho para médicas veterinárias

O Dia Internacional da Mulher é celebrado no dia 08 de março e o que não faltam são motivos para reverenciá-las. Na Medicina Veterinária isso também acontece, pois cada vez mais as mulheres têm se destacado em ambientes que no passado eram preferencialmente masculinos.

De acordo com os dados do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFVM), o Brasil conta hoje com 53.816 mulheres veterinárias, correspondendo a 48,45% de todos os profissionais registrados.

Pensando nisso, elaboramos este post para que você saiba mais sobre a presença feminina na Medicina Veterinária.

Boa leitura!

As mulheres na Medicina Veterinária

Aqui no blog, já falamos sobre alguns mitos e verdades sobre a carreira em Medicina Veterinária. Um desses mitos é que mulheres não podem trabalhar com animais de grande porte. A presença feminina é cada vez maior em todas as áreas de atuação da Medicina Veterinária e, como verificamos nos dados divulgados pela CFMV, em breve, as mulheres estarão em maior número na Medicina Veterinária.

De acordo com o CFMV , as mulheres já são maioria em cinco estados brasileiros: Amazonas com 52% das profissionais mulheres, Distrito Federal (57%), Espírito Santo (50,1%), São Paulo (59%) e Rio de Janeiro onde a proporção de mulheres é mais notável com 60% dos 10 mil médicos veterinários em atuação sendo mulheres.

Essa mudança de paradigma pode ser atribuída à forte representação feminina nas universidades, onde é perceptível a crescente quantidade de mulheres que desejam seguir carreira na Medicina Veterinária.

Essa transformação nas universidades passou também a afetar o mercado de trabalho desde 2001, quando, pela primeira vez, se formaram mais mulheres do que homens nos cursos de Medicina Veterinária. Dos 3280 novos profissionais registrados naquele ano, 1754 eram mulheres e 1526 eram homens.

Ainda não existem dados sobre as áreas de maior atuação das mulheres na Medicina Veterinária, no entanto, representantes do ensino estimam que a grande maioria ingresse no curso em busca de uma carreira na clínica de pequenos animais. Mas há profissionais do sexo feminino em todas as áreas da Medicina Veterinária.

No entanto, é importante lembrar que a concorrência no mercado de trabalho vem aumentando e, por esse motivo torna-se essencial investir em cursos de atualização ou reciclagem profissional para se destacar na profissão.

As mulheres na Zootecnia

As mulheres também estão presentes na Zootecnia. Dos quase 9 mil profissionais em atividade no país, 2.7 mil (30%) são mulheres. O maior número de representantes do sexo feminino na profissão está no estado de São Paulo, com 571 profissionais, enquanto o Rio Grande do Norte tem a proporção mais equilibrada de gênero no país, com 43% de mulheres entre seus 126 zootecnistas.

Na Zootecnia, a presença feminina cresce num ritmo mais lento, no entanto, é constante o aumento do número de mulheres na profissão.

Se em 2001 elas representavam apenas 26% dos novos profissionais, em 2017 elas já eram 44% dos zootecnistas recém-formados no país.

De acordo com testemunhos de médicos veterinários atuantes, não há resistência no mercado de trabalho para as mulheres e ainda existe um grande espaço a ser ocupado pelas profissionais que desejam se dedicar à produção animal.

A cada dia que passa esse tabu de que as mulheres não podem trabalhar com animais de grande porte, é quebrado na área de produção e também para os cargos de chefia.

Para concluir, podemos afirmar que a presença feminina na Medicina Veterinária é cada vez mais forte e a tendência é que em pouco tempo, as mulheres sejam a maioria na área.

Agora que você já sabe mais um pouco sobre a presença feminina na Medicina Veterinária, clique aqui, conheça os cursos livres e de atualização do CDMV e alavanque a sua carreira.

Inscreva-se na Newsletter do blog Guia do Veterinário e receba as atualizações direto no seu e-mail.

As pessoas também estão lendo...